X

Notícias

No Cruzeiro, Fred busca marca centenária em estaduais e expressiva no Mineiro

Esportes
-
19/01/2019 10:09

Confirmado na estreia no Campeonato Mineiro, após adaptação com máscara para proteção no nariz, atacante pode chegar aos 100 gols em disputas estaduais

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro
Legenda da foto

Recuperado da grave lesão no joelho direito, sofrida em março do ano passado, e liberado para atuar com a máscara para proteger o nariz fraturado na semana passada, Fred terminou a temporada dando mostras de que estava com “fome” de fazer gols. Foram três após seu retorno, já nos últimos jogos da temporada. Favorito para ser o “homem gol” do Cruzeiro, o jogador de 35 anos chega a 2019 com a chance de alcançar marcas expressivas no Campeonato Mineiro e também em sua trajetória geral nos estaduais.

Fred vivia a dúvida de jogar na estreia, após fraturar o nariz em um choque com o goleiro do Coimbra, em jogo-treino. O jogador passou por cirurgia, mas se recuperou e se adaptou a tempo da máscara compra para ele atuar em campo e estar protegido do local operado. Com isso, teve a escalação confirmada pelo técnico Mano Menezes nesta sexta-feira.

Assim, o atacante está liberado para atuar contra o Guarani-MG, neste sábado, às 16h30 (de Brasília), no Farião. Na carreira, Fred já tem 140 jogos em estaduais, sendo 60 pelo Campeonato Mineiro e 80 pelo Carioca. Em Minas Gerais, o jogador poderá chegar à marca de 50 gols neste ano, já que balançou as redes, até agora, em 46 oportunidades (média de 0,76). No Carioca, são 51 gols marcados (0,64). Na soma geral dos estaduais, poderá chegar ao gol de número 100, já que tem, ao todo, 97 na carreira.

Em toda a trajetória profissional, Fred participou cinco vezes do Campeonato Mineiro. As duas primeiras pelo América-MG, quando marcou, em 2003 e 2004, respectivamente, 10 e 12 gols. No Cruzeiro, jogou a edição de 2005, e somou 13 gols. Em 2017 pelo hoje rival Atlético-MG, balançou as redes 10 vezes. Na temporada passada, pela Raposa, fez apenas um, contra a Tombense, por causa da lesão no joelho direito. No Carioca, o atacante só jogou pelo Fluminense.

Na carreira, o jogador foi artilheiro de campeonatos estaduais em quatro ocasiões. Em 2005, pelo Cruzeiro, marcando 13 gols. Pelo Fluminense em 2011 (10 gols) e 2015 (11) e em 2017 pelo Atlético-MG, com 10 gols marcados. Fred também ficou na vice artilharia do Mineiro, em 2003 e 2004, quando defendia o América-MG, com 10 e 12 gols, respectivamente.

Curiosamente, o Guarani-MG é o adversário que Fred fez o primeiro gol da carreira dele em estaduais. Ainda no América-MG, em 26 de janeiro de 2003, Fred garantiu a vitória americana por 2 a 1 sobre o Guarani, no Independência.