X

Notícias

De contrato novo, Diego explica “fico” no Flamengo: “Renovação passa pelo desejo de ser campeão”

Esportes
-
22/01/2019 17:29

Camisa 10 mostra otimismo com elenco rubro-negro para conquistar títulos: "Contratações contundentes, de alto nível. É um prazer tê-los ao lado, davam muita dor de cabeça"

Foto: Marcelo Cortes / Flamengo
Legenda da foto

Pouco depois de assinar o novo contrato e anunciar nas redes sociais a renovação até o fim de 2020, Diego apareceu de surpresa na sala de imprensa do Ninho do Urubu para a entrevista coletiva antes do treino desta terça-feira. Hora de responder as perguntas sobre o que o levou a decisão de dizer “sim” à proposta do clube, mesmo sem aumentos ou luvas.

Segundo o camisa 10, o principal motivo foi o desejo de títulos. No clube desde julho desde 2016, o camisa 10 foi campeão com a camisa rubro-negra duas vezes, uma do Campeonato Carioca de 2017 e outra da Flórida Cup desse ano. Otimista com o elenco reforçado para 2019, o meia agora mira conquistas maiores para ficar eternizado no coração dos torcedores:

– Renovação passa pelo desejo de ser campeão, de vencer. A equipe está muito bem preparada. Contratações contundentes, de alto nível. É um prazer tê-los ao lado, davam muita dor de cabeça. Mas nomes não ganham jogo. Temos que ter humildade, nos unir para os desafios. Meu grande sonho é ser campeão de um título que preencha o coração dos torcedores. Onde eu imagino feliz, emocionado compartilhando. É o que eu quero. Pensei nisso. Agora, a ideia é ir subindo os degraus de forma humilde, com trabalho.

Confira outros trechos da coletiva:

DECISÃO DIFÍCIL?
– Coração cheio de alegria e satisfação de continuar. Alguns momentos foram difíceis. Tive algumas propostas, como a do Orlando City. Me fez refletir. Qualquer decisão eu deveria ter razão para decidir. Com a emoção, pesou o Flamengo. Vontade de vencer é enorme. Sempre respeitei o Flamengo. A conclusão que eu chego é que ainda falta algo a mais que eu ainda possa fazer pelo meu clube. O sentimento foi de a história não terminou. Me posicionei, porque houve outras propostas. A do Orlando era sólida e a longo prazo. Mas a minha relação com o Flamengo é muito forte. Quando me imaginava saindo, não conseguia digerir. Lógico que o desafio me motiva.

VÍDEO DESCONTRAÍDO
– O vídeo que postei foi para descontrair, de anunciar essa decisão de uma forma divertida. Espero que a galera tenha gostado.

REAÇÃO DA FAMÍLIA
– Todas as minhas decisões compartilho com meus familiares, especialmente com minha esposa. Vou fazer 34 anos. É uma decisão definitiva. Minha esposa está sempre comigo e ficou muito feliz de eu continuar. Chegamos a essa conclusão. Meu filho também ficou muito feliz.

JOGA CONTRA O RESENDE?
– Não sei se vou jogar nesta quarta. Estou sempre preparado. Essa rotação é necessária, diria obrigatório. O calendário é complicado. Corresponder e ter uma boa condição física… Uma hora cai o ritmo. Temos jogadores de alto nível, nosso elenco está pronto. Estamos prontos para qualquer partida 100%. O tempo de preparação não é ideal, mas estamos prontos para clássicos e jogos de menor expressão. Provamos isso na pré-temporada. Não temos tempo a perder. É ganhar confiança e nos tornarmos mais confiantes

EM ALGUM MOMENTO ESTEVE PERTO DE SAIR?
– Em um clube como o Flamengo que tem a chance de contratar os melhores, vivemos incertezas. Eu sei do meu potencial. Banco de reservas não é confortável, mas o Flamengo está acima de tudo. Procurei respeitar, e depois reconquistei meu espaço.

JOGARIA EM OUTRA FUNÇÃO?
– É uma possibilidade. Conversamos pouco sobre isso (com Abel). O tempo de carreira me dá essa propriedade de jogar em mais funções. Estou disposto. Jogador quer atuar, ser importante. Se precisar recuar ou adiantar, não teria problema.

PLANEJA SE APOSENTAR NO FLAMENGO?
– Acho que é uma possibilidade. Mas vou me cuidar muito, me sinto privilegiado. O que vai dizer a hora de parar é meu corpo. Agora ele está respondendo ainda, com uma dorzinha a mais ou a menos.

globo esporte